Serpente cruel fez o homem cair
Achou que venceu bem ali no jardim
O tempo avançou surgiram os heróis da fé
Lutaram, romperam, mas o mal ficou de pé

Mas uma promessa ia se cumprir
no ventre de uma mulher ia surgir
Uma semente que a mão de Deus plantou
Era Jesus, o salvador!

O pecado estava sufocando a humanidade
Mas a tal semente esmagaria a maldade
Chegou o nosso herói despido de sua glória
O calcanhar ferido que mudou toda história

Ele chegou
Sem espada, sem escudo
Ele não tinha lança

Ele chegou
Pra estabelecer o reino com nova aliança
Seu calcanhar foi ferido
A profecia se cumpriu
E a serpente que um dia tanto riu
Esmagada será

Ele chegou sem trono, sem coroa, sem cavalaria
E caminhou ao matadouro o seu sangue é o que valeria
Pra por um fim um erro que iniciou no jardim
E agora diferente será
O calcanhar ferido, a cabeça da serpente esmagará

O Deus de paz, o Deus de paz
Esmagará satanás
Colocará, colocará aqui debaixo dos meus pés
Eu vou pisar, eu vou pisar
Com muita força,livre sou
Morreu o velho Adão
Em cristo, eu nasci
Voltei à minha origem
Estou de volta no jardim

Comentários