Mc Daleste
Que pais é esse que tem vários interesses
Mesmo me sufocando com impostos
Não vou desistir
Deixei de última hora
Mas minha hora é agora

Desculpe pelo transtorno
Mas estou mudando o meu pais
Através da minha voz
Falo por todos nós
Sonhos e sonhos se destroem
Que por dentro me corroem
Deitado em berço esplêndido
O povo acordou do coma
Nosso grito em silêncio
Força com força dá bomba
É porque cansamos
De acreditar em alguns salafrários
Aumenta a lei de condução
Cadê o aumento dos nossos salários

Violência é a tarifa
Eu sou protestante
Coração valente
Na selva de pedra
Eu grito o que só vai depender da gente
Salve ó pátria amada
E quando eu amo
Eu defendo a própria morte
Hoje não foi pro governo
Aquele dia de sorte
É por direitos e não por centavos
Vem, vem pra rua
Quem sou eu, eu sou aquele que cansou
De tanta impunidade
De juros abusivos
De todas corrupções
E de tantas falcatrua

Sou brasileiro e eu não desisto nunca
Solo és mãe gentil
Verás que um filho teu não foge a luta
O gigante Brasil acordou
Sem violência eu quero mudança
Pros nossos jovens, idosos e crianças

Eu sou brasileiro e eu não desisto nunca
Solo és mãe gentil
Verás que um filho teu não foge a luta
O gigante Brasil acordou
Sem violência eu quero mudança
Pros nossos jovens, idosos e crianças

Eu sou brasileiro e eu não desisto nunca
Solo és mãe gentil
Verás que um filho teu não foge a luta
O gigante Brasil acordou
Sem violência eu quero mudança
Pros nossos jovens, idosos e crianças
O Gigante Acordou
--:--

Comentários